Universidade do Porto de parabéns... Afinal ainda há forças a pugnar pelo desenvolvimento da região!