Passeio em TROVAS de AMOR...

Mal saímos do encontro com tios e tias e já MF (que tem mesmo jeito p`ra coisa...) lançava a cantilena Ba-dum-ba-dum-ba-dero... a partir daqui foi a desgraça... Sobretudo quando ER, MD e LL (que não têm assim tanto jeito p`ró verso) decidiram imitá-la... julguem por vocês mesmos...

1. MF
Fomos 9 de viagem [ou "Fomos todos de viagem"]
A caminho de Romeu,
E nem vão querer saber
O que por lá aconteceu...

2. MF
Com o Carlos ao volante,
Quem é esse caramelo?
Para quem quiser saber [Já todos queriam saber]
É o nosso amarelo!

3. MD
Que lojinha tão catita
Logo ao lado do museu
Além do Maria Rita
É o encanto de Romeu

4. MF
La saímos de Romeu
para outra freguesia,
E o Amarelo em cada tasco
Nos dizia “Eu já comia..”

5. LL
Quase Chorou a Estela
Juntinho do seu amado
Após dar o ovo dela
E atirar o rebuçado

6. LL
Em Freixo de Espada à Cinta
Foram a Esmeralda e a Estela
Escondidas atrás das sebes
Dar a bela da mijadela

6.b) MF
A viagem prosseguiu
Pelas terras iluminadas
As mais aflitas foram ao monte
E vieram aliviadas

7. MF
Procurámos o presunto
Não encontramos nenhum
Tivemos que nos render
À massinha de atum

8. MF
E chegamos à Pousada
Cada um com seu B.I..
A Directora dos serviços diz...
`Eu acho que me esqueci...`

9. MF
Massacraram a Esmeralda
Por ser grande a sua mala
Ironia do destino
Nem chegaram a levá-la

10. ER
Ao sair de Marialva
Vou contar-vos um segredo
Lá havia sandes d presunto
para o Amarelo e ao Pedro

10.b) ER adaptada
Foram as sandes de presunto
Ao sair de Marialva
Que ao Amarelo e Pedro
Aliviaram a alma


11. LL
Teve de tudo o passeio,
Teve a história do pilau
Houve cadela pelo meio
e o gatinho miau...

12. ER
Saímos de Penedono
Com um frio de rachar,
A caminho da Pesqueira
Lá nos espera o manjar...

13. LL
A Esmeralda e o telefone,
Parceiros inseparáveis
Mesmo com mesa já POSTA
Pelas meninas bem amáveis

14. MF
A Pesqueira lá ficou
Todos trataram da banha
A viagem prosseguiu
Em direcção à Ucanha

15. LL
Após um caminho louco,
pr`o Cavalinho do Mazouco,
por ruínhas e veredas,
Fomos visitar Salzedas.

16. MF
Ver a relva balouçante
E as árvores floridas,
Mas os nossos viajantes
Só pensavam em comidas

17. LL
No Cardoso Francesinha
No Metrópolis Batida,
Lupe, Queiroz e Belinha,
De cabeça bem durida,
Tudo foi recordado,
graças à nossa Martinha!

2 comentários:

Senhora das Estrelas disse...

Lido ninguém irá acreditar no quanto nos rimos e nos divertimos. Obrigada a todos por estes momentos fabulosos que passámos juntos...
E venha o próximo!
Beijinhos...
Estela.

Badum-badum, badum, badum-badum badero...o raio da música não me sai da cabeça!!!Estou sempre a fazer rimas com tudo!!!

klaudia disse...

é uma poetisa!
sim senhora, martinha, não foi exagero do teu querido luis